Cidade Data Inscrição Local Status
Rio de Janeiro RJ 25/09/19 a 27/09/19 R$ 2.352,00 a informar Aberta
Duração Horário Professor (a)
24 horas 08h30min às 17h30min Vânia Rizzo
A fim de tornar o seu plano de desenvolvimento mais completo, o IDEMP criou o Mapa do Conhecimento. Assim você consegue visualizar de forma rápida quais os assuntos relacionados e cursos complementares, permitindo que você entenda com mais facilidade qual o caminho ideal para o desenvolvimento de suas competências. 
Clique aqui e veja onde este curso se encaixa.

 

APRESENTAÇÃO

Recentemente, o Centro de Estudos Jurídicos da Presidência divulgou a terceira edição, revista, atualizada e ampliada,do Manual deRedação da Presidência da República. Elaborada pela Subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil, a edição foi aprovada pela Portaria n.1.369, de 27 de dezembro de 2018, e publicada no Diário Oficial da União de 28 de dezembro de 2018.

A nova versão adapta o conteúdo do Manual à Reforma Ortográfica, a questões fundamentais de elaboração normativa, definidas pelo Decreto n.9.191, de 1.de novembro de 2017, e às novas tecnologias. 

A formalidade e a padronização constituem requisitos indispensáveis à uniformização dos atos oficiais, facilitando a comunicação administrativa, ao estabelecerem parâmetros de formatação, critérios de hierarquia e definição de canais adequados à expressão de fatos circunstanciados em que se baseiam os agentes públicos no desempenho de suas funções.

A Comunicação Oficial, no entanto, não se restringe a esses conceitos. Como o texto no contexto público é destinado a registrar, informar, acompanhar, controlar e dinamizar as funções administrativas, cabe ao redator programar-se para um exercício consciente e apropriado, em que formatos e padrões constituem, apenas, um dos lados da questão.  Diante dos desafios apresentados na atualidade, cumpre desenvolver, paralelamente, uma visão crítica, capaz de expor ideias, propor soluções e atingir resultados.

A discussão em torno desses temas permite identificar a importância da comunicação escrita no âmbito da Administração Pública e, consequentemente, definir o perfil profissional adequado às atuais competências. Como redigir pressupõe domínio de conhecimentos e habilidades que ultrapassam o critério gramatical de correção, o fato de transcrever conceitos, percepções e análises exige um posicionamento diante do mundo e de inúmeras peculiaridades, e o texto formaliza e concretiza essa visão. Consequentemente, implica correr riscos, aceitar desafios e preparar-se para a ação.


A QUEM SE DESTINA

Servidores de diferentes áreas e níveis que utilizam a comunicação escrita no contexto da Administração Pública.

Candidatos em concursos públicos oferecidos em âmbito nacional.


RESULTADOS PARA OS PARTICIPANTES

  • Desenvolvimento de habilidades e estratégias essenciais à prática da comunicação escrita organizacional.
  • Adequação dos textos oficiais aos critérios definidos pela terceira edição do Manual de Redação da Presidência da República. 
  • Atualização de conhecimentos linguísticos (gramaticais e textuais) aplicados à elaboração de documentos no Serviço Público.
  • Capacitação na análise de ruídos, fragilidades, estereótipos e vícios de linguagem no texto oficial.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

• A Elaboração Textual

  • A organização e a distribuição das ideias: composição e expressão.
  • O texto: unidade semântica e sintática.
  • A estrutura frasal e o parágrafo: coesão e coerência.
  • O estilo na relação texto e contexto: clareza e precisão; adequação e correção; formalidade e informalidade.
  • Os ruídos e as distorções: preciosismo, ambiguidade, tautologia, cacofonia, estereotipia e modismo. 

 

• A Redação Oficial

  • Conceito e atributos.
  • As comunicações oficiais e os atos normativos. 
  • Critérios formais: pronomes de tratamento, vocativo, fechos de comunicação e identificação do signatário.
  • O padrão ofício: partes do documento, formatação e apresentação.
  • Tipos de documentos: ofício, exposição de motivos, mensagem e correio eletrônico.

 

• Elementos de Ortografia e Gramática

  • A reforma ortográfica: o alfabeto, o emprego do acento agudo, do acento circunflexo e do hífen.
  • O emprego dos sinais de pontuação: ponto, vírgula, dois-pontos, ponto e vírgula, parênteses, travessão, aspas, reticências e colchetes.
  • A relação e a conexão entre estruturas: problemas de construção de frases, sujeito preposicionado, frases fragmentadas, erros de paralelismo e erros de comparação.
  • Concordância nominal e verbal.
  • Regência e crase. 
  • Emprego de pronomes relativos e demonstrativos.
  • Homônimos e parônimos.

 

• Oficina de Texto Aplicada à Redação Oficial

  • Identificação de fatos gramaticais.
  • Elaboração e análise de textos oficiais.

 

METODOLOGIA

Exposição dialogada e utilização de recursos audiovisuais, com ênfase na análise, na elaboração e na reescrita de documentos durante a Oficina de Redação Oficial.


INVESTIMENTO , PRAZO E PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES

10% DE DESCONTO PARA ORGANIZAÇÕES JÁ CLIENTES DO IDEMP.

Cursos em horário integral: incluídos materiais didáticos, certificado, e coffee-breaks (manhã e tarde). Almoço livre, ou seja, por conta do participante (valor não incluído na taxa de inscrição - o IDEMP sugerirá restaurantes próximos ao local do treinamento). 

Cursos em horário parcial: incluídos materiais didáticos, certificado e coffee-break (somente manhã).

Para efetuar a(s) inscrição(ões), acesse o formulário acima (botão INSCREVA-SE, acima). A forma de pagamento e informações administrativas complementares serão encaminhadas após o recebimento da(s) inscrição(ões), em documento no qual o IDEMP indicará o valor unitário por inscrição, destacando, quando for o caso, o desconto cliente acima especificado.

Se necessitar mais informações, fale conosco:

As inscrições deverão ser encaminhadas até o 8º dia que antecede a data de início do curso, preferencialmente. A confirmação do treinamento se dará no momento em que o número de inscrições viabilizar sua realização, ou, no máximo, até o 7º dia anterior ao seu início.

Após confirmada a realização, o IDEMP contactará os responsáveis pelas inscrições, formalizando a realização do treinamento. A responsabilidade de pagamento da inscrição somente se configurará após a confirmação do treinamento, por parte do IDEMP e a confirmação da presença do inscrito, por parte de sua instituição.

Para todos os efeitos, a responsabilidade do IDEMP pela realização do curso somente será estabelecida após a confirmação do curso, a qual se dará no momento em que o número de inscrições possibilite uma receita estimada que cubra os custos de realização do treinamento. 

Após a confirmação do curso, e mesmo antes que tal fato ocorra, é reservado ao IDEMP o direito de cancelar ou adiar sua realização, quando ocorrerem fatores externos que impeçam sua efetivação ou por comprovado impedimento do professor para o cumprimento da obrigação de ministrá-lo, sem que seja possível sua substituição por outro docente da equipe do IDEMP.


DADOS PARA A EMISSÃO DE DOCUMENTOS DE INSCRIÇÕES (Notas de Empenho, contrato e similares)

Para os cursos realizados na cidade do Rio de Janeiro

IDEMP - Instituto de Desenvolvimento Empresarial Ltda.
CNPJ: 00.278.452/0001-30; Inscrição Municipal: 01771434
Av. Nilo Peçanha, 50 - Grupo 2017 - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20020-100
(21) 2524-4266 / (21) 2220-4104 - contato@idemp-edu.com.br

Banco: 001/Banco do Brasil - Agência: 1251-3 - C/C: 105.536-4
Banco: 341/Banco Itaú - Agência: 3032 - C/C: 97.570-2
Banco: 104/Caixa Econômica Federal – Ag: 0231 - C/C: 2171-8 operação: 003
Banco: 237/Bradesco - Ag.: 0468-5 - C/C: 199975-3
Banco: 033/Santander - Ag.: 3452 - C/C: 13003555-0

Para os cursos realizados em Brasília - DF e demais localidades do país
IDEMP - Instituto de Desenvolvimento Empresarial Ltda.
CNPJ: 00.278.452/0002-10; CF/DF: 07.494.213/002-61
Centro Empresarial Brasília - SRTVS - Qd. 701 - Conjunto D - Bloco A - Sala 306 | Asa Sul | Brasília - DF | CEP 70340-907
(61) 3224-6813 / (61) 3224-0680 - unidadebsb@idemp-edu.com.br
Banco: 070/BRB - Agência: 022 Agência Rio de Janeiro - C/C: 005039-2

Opcional: 
Banco: 001/Banco do Brasil - Agência: 1251-3 Assembléia/Rio - C/C: 105.536-4

Informação importante: A verificação de regularidade fiscal deverá ser feita pelo CNPJ: 00.278.452/0001-30, conforme estabelece a Receita Federal: "A certidão da PJ será emitida em nome da matriz, sendo válida para todos os seus estabelecimentos. A verificação fiscal abrangerá a matriz e todas as suas filiais", conforme estabelece a Receita Federal.


ColorBox demo