Cidade Data Inscrição Local Status
Rio de Janeiro RJ 23/05/19 a 24/05/19 R$ 1.870,00 a informar Aberta
Brasília DF 04/07/19 a 05/07/19 R$ 1.950,00 a informar Aberta
Rio de Janeiro RJ 24/10/19 a 25/10/19 R$ 1.870,00 a informar Aberta
Brasília DF 21/11/19 a 22/11/19 R$ 1.950,00 a informar Aberta
Duração Horário Professor (a)
16 horas 08h30min às 17h30min André Freitas
A fim de tornar o seu plano de desenvolvimento mais completo, o IDEMP criou o Mapa do Conhecimento. Assim você consegue visualizar de forma rápida quais os assuntos relacionados e cursos complementares, permitindo que você entenda com mais facilidade qual o caminho ideal para o desenvolvimento de suas competências. 
Clique aqui e veja onde este curso se encaixa.

 

APRESENTAÇÃO

Avaliar desempenho nem sempre é uma tarefa fácil. Normalmente é um momento de expectativas, ansiedades, resistências e desconfianças. É natural que assim seja, pois os envolvidos, principalmente os avaliados, têm a tendência a se perguntar: serei avaliado com imparcialidade e justiça? O avaliador possui a devida competência para desenvolver esse papel? As minhas qualidades serão consideradas? Por outro lado, os avaliadores talvez não estejam preparados para o processo.

Na Administração Pública, até há algum tempo atrás, as avaliações de desempenho limitavam-se a analisar aspectos puramente operacionais (frequência, assiduidade, urbanidade etc.) sem levar em consideração o desenvolvimento profissional e os resultados obtidos pelo indivíduo. Por outro lado, a crescente exigência da sociedade brasileira quanto à melhoria das práticas de gestão pública deu novas cores ao processo e colocou na pauta das áreas de RH os temas “Gestão por Competências” e “Avaliação de Desempenho”. A observação da prática, no entanto, mostra que, apesar de esses assuntos virem sendo tratados já há alguns anos, as instituições públicas ainda apresentam dificuldades na sua aplicação.

As perguntas que normalmente surgem nessas instituições são: é possível reunir, em uma mesma metodologia os conceitos “desempenho” e “competências”? Como implementar na prática? Esses conceitos e técnicas não são inspirados na iniciativa privada? Será que se aplicam integralmente ao serviço público? Há uma maneira de medir as competências? Podem-se utilizar competências para medir desempenho?

O programa aqui exposto pretende discutir essas questões ao apresentar aos participantes as melhores práticas de gestão de desempenho por competências já em utilização em diversas instituições do serviço público. Este treinamento aborda aspectos metodológicos e práticos da implementação do processo de Avaliação de Desempenho por Competências (Metodologia ADC) que, ao trabalhar com duas dimensões, Competências e Resultados, visa atender tanto as necessidades da instituição quanto os interesses dos servidores, uma vez que privilegia aspectos do desenvolvimento profissional dos envolvidos no processo.

A metodologia ADC parte da comparação entre os requisitos de competências (competências requeridas para bom desempenho das atribuições) e as competências individuais evidenciadas (apresentadas pelos servidores) para gerar a relação das lacunas de competências, ou seja, competências requeridas e não apresentadas. Em outra frente confronta os resultados quantitativos esperados com os apresentados pelo servidor e mostra realizações superiores ou aquém do esperado.

A análise das competências (análise qualitativa) e dos resultados (análise quantitativa) dos servidores, evidencia insuficiências e méritos, necessidades e potencialidades, para orientar a elaboração de Planos de Desenvolvimento Profissional (individuais, setoriais e institucionais) mais ajustados às necessidades organizacionais e aos interesses dos servidores. O resultado desse processo, registrado no Banco de Talentos, possibilita melhor gestão dos diversos talentos encobertos pelo cotidiano do trabalho.


 A QUEM SE DESTINA

Profissionais de gestão de pessoas e gestores da administração pública de todas as esferas.


RESULTADOS PARA OS PARTICIPANTES

Este treinamento tem por objetivo capacitar os participantes para a implementação do processo de Avaliação de Desempenho por Competências em suas unidades organizacionais ao abordar como:

  • definir os requisitos de competências e realizar o seu evidenciamento;
  • definir os Indicadores de Desempenho (de competências e de resultados);
  • realizar o processo de Avaliação de Desempenho por Competências;

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

INTRODUÇÃO:

  • O que é Gestão por Competências e Avaliação de Desempenho;
  • O processo de Avaliação de Desempenho por Competências suas finalidades e resultados.

1. GESTÃO DE PESSOAS E A ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL:

  • O processo estratégico;
  • Desdobramento dos objetivos estratégicos em projetos e metas;
  • Uma Política de Gestão de Pessoas.

2. PLANEJAMENTO E CONTROLE EM GESTÃO DE PESSOAS:

  • Gestão de processos de trabalho e gestão de pessoas;
  • Indicadores como instrumentos de mensuração em gestão de pessoas;
  • O estabelecimento de metas, visando processos de avaliação de desempenho.

3. SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS POR COMPETÊNCIAS (SGC)

  • O que é competência e sua tipologia;
  • Os subsistemas da gestão por competências.

4. MATRIZ DE COMPETÊNCIAS:

  • O que é a Matriz de Competências;
  • Estabelecimento das competências requeridas;
  • Evidenciamento de competências.

5. AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO POR COMPETÊNCIAS (ADC)

  • Como utilizar o conceito de Competências no processo;
  • Quem deve ser Avaliado; quem deve ser Avaliador;
  • Como definir os Indicadores de Competências;
  • Escalonamento do desempenho;
  • As quatro etapas do processo ADC:
    • o acordo de desempenho;
    • a reunião de avaliação;
    • o monitoramento do desempenho;
    • a possibilidade de discordância – os comitês de calibragem.
  • Fatores críticos para o sucesso da ADC;
  • Lições aprendidas na prática do serviço público.

6. BANCO DE TALENTOS (BDT):

  • O que é o Banco de Talentos;
  • Escalonamento do Perfil de Desempenho Profissional (competências e resultados);
  • Matriz de Desenvolvimento Profissional.

7. PLANO DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL COM BASE EM COMPETÊNCIAS (PDC)

  • O que é o PDC;
  • Lições aprendidas na prática do serviço público.

METODOLOGIA

O curso é composto de parte expositiva, exercícios e trabalhos em grupo com foco no serviço público, a fim de permitir que os participantes experimentem na prática os conceitos expostos.

É enfatizado o aspecto prático dos temas abordados.


INVESTIMENTO , PRAZO E PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES

10% DE DESCONTO PARA ORGANIZAÇÕES JÁ CLIENTES DO IDEMP.

Cursos em horário integral: incluídos materiais didáticos, certificado, e coffee-breaks (manhã e tarde). Almoço livre, ou seja, por conta do participante (valor não incluído na taxa de inscrição - o IDEMP sugerirá restaurantes próximos ao local do treinamento).Descontos válidos para treinamentos agendados e realizados nos meses de março, abril, maio e junho para participantes da mesma Organização. 

Cursos em horário parcial: incluídos materiais didáticos, certificado e coffee-break (somente manhã).

Para efetuar a(s) inscrição(ões), acesse o formulário acima (botão INSCREVA-SE, acima). A forma de pagamento e informações administrativas complementares serão encaminhadas após o recebimento da(s) inscrição(ões), em documento no qual o IDEMP indicará o valor unitário por inscrição, destacando, quando for o caso, o desconto cliente acima especificado.

Se necessitar mais informações, fale conosco:

As inscrições deverão ser encaminhadas até o 8º dia que antecede a data de início do curso, preferencialmente. A confirmação do treinamento se dará no momento em que o número de inscrições viabilizar sua realização, ou, no máximo, até o 7º dia anterior ao seu início.

Após confirmada a realização, o IDEMP contactará os responsáveis pelas inscrições, formalizando a realização do treinamento. A responsabilidade de pagamento da inscrição somente se configurará após a confirmação do treinamento, por parte do IDEMP e a confirmação da presença do inscrito, por parte de sua instituição.

Para todos os efeitos, a responsabilidade do IDEMP pela realização do curso somente será estabelecida após a confirmação do curso, a qual se dará no momento em que o número de inscrições possibilite uma receita estimada que cubra os custos de realização do treinamento. 

Após a confirmação do curso, e mesmo antes que tal fato ocorra, é reservado ao IDEMP o direito de cancelar ou adiar sua realização, quando ocorrerem fatores externos que impeçam sua efetivação ou por comprovado impedimento do professor para o cumprimento da obrigação de ministrá-lo, sem que seja possível sua substituição por outro docente da equipe do IDEMP.


DADOS PARA A EMISSÃO DE DOCUMENTOS DE INSCRIÇÕES (Notas de Empenho, contrato e similares)

Para os cursos realizados na cidade do Rio de Janeiro

IDEMP - Instituto de Desenvolvimento Empresarial Ltda.
CNPJ: 00.278.452/0001-30; Inscrição Municipal: 01771434
Av. Nilo Peçanha, 50 - Grupo 1901 - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20020-100
(21) 2524-4266 / (21) 2220-4104 - contato@idemp-edu.com.br

Banco: 001/Banco do Brasil - Agência: 1251-3 - C/C: 105.536-4
Banco: 341/Banco Itaú - Agência: 3032 - C/C: 97.570-2
Banco: 104/Caixa Econômica Federal – Ag: 0231 - C/C: 2171-8 operação: 003
Banco: 237/Bradesco - Ag.: 0468-5 - C/C: 199975-3
Banco: 033/Santander - Ag.: 3452 - C/C: 13003555-0

Para os cursos realizados em Brasília - DF e demais localidades do país
IDEMP - Instituto de Desenvolvimento Empresarial Ltda.
CNPJ: 00.278.452/0002-10; CF/DF: 07.494.213/002-61
Centro Empresarial Brasília - SRTVS - Qd. 701 - Conjunto D - Bloco A - Sala 306 | Asa Sul | Brasília - DF | CEP 70340-907
(61) 3224-6813 / (61) 3224-0680 - unidadebsb@idemp-edu.com.br
Banco: 070/BRB - Agência: 022 Agência Rio de Janeiro - C/C: 005039-2

Opcional: 
Banco: 001/Banco do Brasil - Agência: 1251-3 Assembléia/Rio - C/C: 105.536-4

Informação importante: A verificação de regularidade fiscal deverá ser feita pelo CNPJ: 00.278.452/0001-30, conforme estabelece a Receita Federal: "A certidão da PJ será emitida em nome da matriz, sendo válida para todos os seus estabelecimentos. A verificação fiscal abrangerá a matriz e todas as suas filiais", conforme estabelece a Receita Federal.


ColorBox demo